Export this record: EndNote BibTex

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede2.pucrs.br/tede2/handle/tede/3679
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.creatorErmel, Tatiane de Freitas-
dc.creator.Latteshttp://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4551344E6por
dc.contributor.advisor1Bastos, Maria Helena Câmara-
dc.date.accessioned2015-04-14T14:23:14Z-
dc.date.available2011-04-29-
dc.date.issued2011-03-01-
dc.identifier.citationERMEL, Tatiane de Freitas. O gigante do alto da bronze : um estudo sobre o espaço e arquitetura escolar do Colégio Elementar Fernando Gomes em Porto Alegre/RS (1913 1930). 2011. 173 f. Dissertação (Mestrado em Educação) - Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2011.por
dc.identifier.urihttp://tede2.pucrs.br/tede2/handle/tede/3679-
dc.description.resumoO estudo analisa o espaço e a arquitetura escolar do Colégio Elementar Fernando Gomes, construído em Porto Alegre em 1913, com o projeto do engenheiro Affonso Hébert. Examina questões referentes à inadequação dos espaços adaptados para a escola primária e a necessidade de construção de prédios escolares, estabelecendo uma relação com o planejamento e construção visual das cidades, no início da Primeira República no Brasil. O objetivo principal consiste em acompanhar o período de construção do Colégio Elementar Fernando Gomes (1913-1922) relacionando-o com os projetos de reformas da cidade de Porto Alegre. Foi realizada uma busca sobre outras aquisições, construções e reformas de prédios escolares por parte do Governo do Estado, a fim de inventariar o conjunto dos espaços escolares em Porto Alegre, assim como do interior do Estado. A pesquisa documental analisa os Relatórios de Obras Públicas e Relatórios da Instrução Pública. Utiliza como corpus empírico fontes iconográficas e periódicos de época. Podemos constatar que a construção do prédio do Colégio Elementar Fernando Gomes inaugura no Rio Grande do Sul uma nova concepção de espaço e arquitetura escolar para a escola primária, que além de seu aspecto funcional, ou seja, para receber um número elevado de alunos, incorpora uma série de significados simbólicos, alinhados ao ideal republicano. A melhora visual da Capital do Estado era de grande importância e a construção de prédios escolares uma das principais propagandas do regime instaurado com o advento da Repúblicapor
dc.description.provenanceMade available in DSpace on 2015-04-14T14:23:14Z (GMT). No. of bitstreams: 1 431032.pdf: 8474817 bytes, checksum: dbf6a31dce88df573c082ad5cd2b3c67 (MD5) Previous issue date: 2011-03-01eng
dc.formatapplication/pdfpor
dc.thumbnail.urlhttp://tede2.pucrs.br:80/tede2/retrieve/13371/431032.pdf.jpg*
dc.languageporpor
dc.publisherPontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sulpor
dc.publisher.departmentFaculdade de Educaçpor
dc.publisher.countryBRpor
dc.publisher.initialsPUCRSpor
dc.publisher.programPrograma de Pós-Graduação em Educaçãopor
dc.rightsAcesso Abertopor
dc.subjectCONSTRUÇÕES ESCOLARESpor
dc.subjectARQUITETURA - ESCOLASpor
dc.subjectESCOLAS - PORTO ALEGRE - HISTÓRIApor
dc.subjectESCOLAS - PLANEJAMENTOpor
dc.subjectBRASIL - HISTÓRIA - REPÚBLICA, 1889-1930por
dc.subject.cnpqCNPQ::CIENCIAS HUMANAS::EDUCACAOpor
dc.titleO gigante do alto da bronze : um estudo sobre o espaço e arquitetura escolar do Colégio Elementar Fernando Gomes em Porto Alegre/RS (1913 1930)por
dc.typeDissertaçãopor
Appears in Collections:Programa de Pós-Graduação em Educação

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
431032.pdfTexto Completo8.28 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.