Export this record: EndNote BibTex

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede2.pucrs.br/tede2/handle/tede/3173
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.creatorGraebin, Ana Paula-
dc.creator.Latteshttp://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4130822Y9por
dc.contributor.advisor1Basso, Nara Regina de Souza-
dc.contributor.advisor1Latteshttp://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4728110T2por
dc.date.accessioned2015-04-14T13:58:41Z-
dc.date.available2011-03-10-
dc.date.issued2011-02-28-
dc.identifier.citationGRAEBIN, Ana Paula. Compósitos poliméricos para modelagem de correntes de densidade não conservativas em tanques de simulação hidráulica. 2011. 10 f. Dissertação (Mestrado em Engenharia e Tecnologia de Materiais) - Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2011.por
dc.identifier.urihttp://tede2.pucrs.br/tede2/handle/tede/3173-
dc.description.resumoO trabalho de pesquisa está relacionado com a síntese de novos materiais com potencial aplicação em tanques de simulação hidráulica. Foram produzidos compósitos poliméricos contendo como cargas inorgânicas o grafite e a argila montmorilonita. As lâminas de grafite em dimensões nanométricas foram obtidas por meio da esfoliação química, tratamento térmico e banho de ultrassom, e foram caracterizadas por Microscopia Eletrônica de Varredura (MEV), no qual mostraram que esses tratamentos preservam as lâminas de grafite. A síntese dos compósitos poliméricos foi realizada por meio da polimerização in situ, utilizando o catalisador metalocênico diclorobis (ciclopentadienil) zircônio IV (Cp2ZrCl2) e com diferentes quantidades de carga. Os compósitos sintetizados foram caracterizados por MEV, densitometria, medida de velocidade de queda e espectroscopia de impedância elétrica. As micrografias de MEV indicaram a modificação da morfologia dos compósitos sintetizados quando comparados com a morfologia da matriz polimérica pura. Os resultados das propriedades caracterizadas indicaram baixa densidade e velocidade de queda inadequada para a simulação hidráulica, porém os compósitos apresentaram adequada distribuição de tamanhos de grão. Quanto às propriedades elétricas, os ensaios de impedância elétrica mostraram resultados satisfatórios para a utilização em técnicas de imageamento, indicando que estes materiais podem ser promissores na simulação de correntes de densidade não conservativas, bem como no processo de sedimentação nos tanques de simulação hidráulica.por
dc.description.provenanceMade available in DSpace on 2015-04-14T13:58:41Z (GMT). No. of bitstreams: 1 429586.pdf: 53970 bytes, checksum: 618986cb44205e120ab626deab341662 (MD5) Previous issue date: 2011-02-28eng
dc.formatapplication/pdfpor
dc.thumbnail.urlhttp://tede2.pucrs.br:80/tede2/retrieve/12281/429586.pdf.jpg*
dc.languageporpor
dc.publisherPontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sulpor
dc.publisher.departmentFaculdade de Engenhariapor
dc.publisher.countryBRpor
dc.publisher.initialsPUCRSpor
dc.publisher.programPrograma de Pós-Graduação em Engenharia e Tecnologia de Materiaispor
dc.rightsAcesso Abertopor
dc.subjectENGENHARIA DE MATERIAISpor
dc.subjectMATERIAIS COMPOSTOS (RESISTÊNCIA DOS MATERIAIS)por
dc.subjectPOLIMERIZAÇÃOpor
dc.subject.cnpqCNPQ::ENGENHARIASpor
dc.titleCompósitos poliméricos para modelagem de correntes de densidade não conservativas em tanques de simulação hidráulicapor
dc.typeDissertaçãopor
Appears in Collections:Programa de Pós-Graduação em Engenharia e Tecnologia de Materiais

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
429586.pdfTexto Parcial52.71 kBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.