Export this record: EndNote BibTex

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede2.pucrs.br/tede2/handle/tede/3101
Document type: Dissertação
Title: Desenvolvimento e aplicações de um novo instrumento para estimulação do barorreflexo
Author: Corral, Seméia de Oliveira 
Advisor: Russomano, Thais
Abstract (native): Introdução - A manobra de Valsalva é realizada utilizando-se uma técnica padrão. O voluntário sopra num bocal, o qual é preso a um manômetro, mantendo a glote parcialmente aberta, através de um pequeno orifício que permite a passagem do ar, medindo-se, assim, à pressão intratorácica. Usualmente, a pressão utilizada na manobra de Valsalva é de 40mmHg pelo período de 15s. As mudanças hemodinâmicas durante a realização da manobra são divididas em 4 fases e incluem, especialmente, alterações na freqüência cardíaca e pressão arterial. Esta manobra é comum no dia-a-dia, ocorrendo quando o indivíduo tosse, vomita ou defeca. Pilotos de aeronaves de alta performance usam uma variação da manobra de Valsalva para melhorar a tolerância às rápidas mudanças na aceleração. Em pesquisas laboratoriais, a manobra de Valsalva avalia a função cardiovascular e o controle rápido da pressão arterial aguda. Clinicamente, esta manobra é utilizada como um teste de integridade funcional do sistema nervoso autônomo. O aparelho desenvolvido é indicado para ser utilizado na prevenção e tratamento da taquicardia atrial paroxística, da síncope neurogênica e da hipertensão arterial sistêmica; em pacientes acamados; no diagnóstico de alterações venosas de membros inferiores; em missões espaciais, onde, pela exposição à microgravidade, o astronauta perde a função barorreflexa. Objetivo - O presente estudo objetivou desenvolver e discutir as possíveis aplicações de um método para estimulação barorreceptora, através de um novo aparelho que permite a realização da manobra de Valsalva de forma automatizada e não-assistida. Método - Um manômetro digital foi projetado e desenvolvido pelo Laboratório de Microgravidade/PUCRS para monitorar a pressão intratorácica exercida durante a expiração forçada ou manobra de Valsalva. Este equipamento, denominado de Equipamento para Manobra de Valsalva (EMV), é constituído de cinco partes principais, sendo elas: um transdutor de pressão (sensor de pressão e amplificador de sinais), um display de caracteres, um display em barra de LED e um microcontrolador. Conclusão - O aparelho desenvolvido é de fácil manuseio e visualização, portátil e de baixo custo. Testes preliminares indicaram que o EMV permite que um indivíduo realize a manobra de Valsalva de forma de forma correta e sem qualquer assistência durante o procedimento.
Keywords: ENGENHARIA BIOMÉDICA
ENGENHARIA ELÉTRICA
MEDICINA - APARELHOS E INSTRUMENTOS
SISTEMA NERVOSO AUTÔNOMO
CNPQ Knowledge Areas: CNPQ::ENGENHARIAS::ENGENHARIA BIOMEDICA::ENGENHARIA MEDICA
Language: por
Country: BR
Publisher: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul
Institution Acronym: PUCRS
Department: Faculdade de Engenharia
Program: Programa de Pós-Graduação em Engenharia Elétrica
Citation: CORRAL, Seméia. Desenvolvimento e aplicações de um novo instrumento para estimulação do barorreflexo. 2006. 87 f. Dissertação (Mestrado em Engenharia Elétrica) - Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2006.
Access type: Acesso Aberto
URI: http://tede2.pucrs.br/tede2/handle/tede/3101
Issue Date: 24-Aug-2006
Appears in Collections:Programa de Pós-Graduação em Engenharia Elétrica

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
396634.pdfTexto Completo4.28 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.