Export this record: EndNote BibTex

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede2.pucrs.br/tede2/handle/tede/2763
Document type: Dissertação
Title: A efetividade de um programa ergonômico em idosos ativos usuários da informática
Author: Lima, João Borges de 
Advisor: Souza, Valdemarina Bidone de Azevedo e
Abstract (native): Introdução: Conjuntamente com o crescimento demográfico da população idosa, há um avanço tecnológico, percebido também pelo maior uso de computadores nos diversos segmentos sociais e para as mais diferentes aplicações. Por essa razão, é imprescindível que o indivíduo idoso seja inserido nesse contexto de avanço tecnológico. No entanto, o advento da informática tem gerado conseqüências físicas em seus usuários, principalmente quando utilizam o computador por longos interruptos períodos. Objetivos: Verificar a efetividade de um Programa Ergonômico, elaborado a partir de um Protocolo Avaliação Fisioterapêutica, para Intervenção Postural para idosos participantes de Oficina de Inclusão Digital; e como objetivos específicos: a) avaliar a resposta dos idosos submetidos a um Programa Ergonômico de intervenção, elaborado a partir de um Protocolo de Avaliação Fisioterapêutica, postura no ambiente das oficinas de inclusão digital; b) identificar no ambiente da oficina de alfabetização digital fatores que podem influenciar as posturas adotadas em frente ao computador; c) avaliar os resultados da aplicação do Protocolo de Avaliação Fisioterapêutica de Intervenção Postural na prevenção e/ou redução de alterações posturais dos idosos participantes das oficinas de alfabetização digital. Materiais e Métodos: o estudo foi desenvolvido numa abordagem quanti-qualitativa em que foram avaliados 40 idosos. Inicialmente foi realizada uma avaliação postural por meio do Protocolo de Avaliação Fisioterapêutica e por fotografia da postura do idoso frente ao computador, para identificação de possíveis desvios. Após, realizou-se a análise do ambiente da oficina tendo como base referências bibliográficas, buscando identificar-se fatores que pudessem contribuir para alterações posturais nos idosos integrantes. Com base nos fatores elencados e na avaliação postural, foi aplicado o Programa Ergonômico de Intervenção. O programa ergonômico foi constituído por alongamentos e orientações ergonômicas. A aplicação do Programa foi realizada duas vezes por semana, durante cinco semanas. Ao final das cinco semanas de aplicação, foi realizada outra avaliação postural. Além disso, foi utilizada a goniometria também como parâmetro de efetividade para mobilidade da coluna cervical e fez-se a constatação de queixas físicas que os idosos participantes poderiam apresentar após aplicação do protocolo. Após essa reavaliação o protocolo foi novamente aplicado pelo mesmo período, e ao final (após dez semanas) foi realizada nova avaliação para verificação da efetividade do Programa. Resultados: de acordo com os dados iniciais da avaliação postural, identificou-se que 65% das 26 participantes do sexo feminino e 35% dos 14 do sexo masculino possuíam alguma alteração postural antes de iniciarem o programa. Observou-se, também, que 57% dos idosos possuíam problema osteoarticular. A análise das fotografias revelou que os idosos, frente ao computador, adotavam uma postura com indicativos de presença de postura hipercifótica. Não foram observadas alterações estatisticamente significativas nos movimentos de flexão, extensão, flexão lateral direita, rotação à direita e rotação à esquerda da coluna cervical. Em relação às queixas físicas avaliadas não houve alterações após aplicação do Programa nas duas fases. Conclusão: a) a aplicação do Programa Ergonômico não foi efetiva para aumento de amplitude dos movimentos da coluna cervical dos participantes; b) o Programa foi significativamente efetivo em relação ao movimento de flexão lateral esquerda para as representantes do sexo feminino nas fases I e II de aplicação; c) a ausência de ajuste do encosto da cadeira pode ter influenciado nas posturas funcionais adotadas pelos participantes. Portanto, neste tópico o ambiente influenciou a postura frente ao computador; d) a maioria dos integrantes do sexo feminino (65% das 26 integrantes) e do masculino (35% dos 14 integrantes) possui lordose. Esta pode ter sido decorrente da postura hipercifótica adotada frente ao computador, o que pode ter levado ao aparecimento de queixas dolorosas identificadas; e) embora não tenham sido identificadas mudanças na postura dos participantes, o presente estudo pôde delinear um desenho clínico da postura do idoso usuário do computador, e não houve agravamento dos problemas identificados no início do estudo.
Keywords: GERONTOLOGIA
IDOSOS
ERGONOMIA (COMPUTAÇÃO)
INFORMÁTICA - ERGONOMIA
ALONGAMENTO - EXERCÍCIOS FÍSICOS
POSTURA
CNPQ Knowledge Areas: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE
Language: por
Country: BR
Publisher: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul
Institution Acronym: PUCRS
Department: Instituto de Geriatria e Gerontologia
Program: Programa de Pós-Graduação em Gerontologia Biomédica
Citation: LIMA, João Borges de. A efetividade de um programa ergonômico em idosos ativos usuários da informática. 2007. 93 f. Dissertação (Mestrado em Gerontologia Biomédica) - Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2007.
Access type: Acesso Aberto
URI: http://tede2.pucrs.br/tede2/handle/tede/2763
Issue Date: 25-May-2007
Appears in Collections:Programa de Pós-Graduação em Gerontologia Biomédica

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
391961.pdfTexto Completo2.56 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.