Export this record: EndNote BibTex

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede2.pucrs.br/tede2/handle/tede/2712
Document type: Dissertação
Title: Fatores associados à demência e ao déficit cognitivo em idosos atendidos pela estratégia de saúde da família no município de Porto Alegre
Author: Borges Filho, José Celestino 
Advisor: Silva Filho, Irenio Gomes da
Abstract (native): A literatura internacional evidencia que o envelhecimento populacional é um fenômeno mundial e que está ocorrendo de forma mais acelerada em países em desenvolvimento como o Brasil. A idade avançada é um reconhecido fator de risco para o desenvolvimento de demência e déficit cognitivo. A demência é uma das doenças relacionadas ao envelhecimento que mais levam diretamente à incapacidade física, à assistência continuada de serviços e a um ônus progressivo, para o sistema de saúde, para o paciente e para os seus familiares. Em nosso meio, estudo estimando prevalência desta enfermidade são escassos, especialmente em populações com a baixa escolaridade e renda. Tivemos como objetivos diagnosticar demência e déficit cognitivo; estimar suas prevalências, e examinar suas associações com dados sócio-demográficos e clínicos entre idosos cadastrados na Estratégia de Saúde da Família no município de Porto Alegre (ESF/POA). O estudo tem desenho transversal. A amostra foi composta de forma aleatória por indivíduos de 60 anos ou mais, cadastrados na ESF/POA. Apresenta os resultados de 459 indivíduos coletada até Dezembro de 2012 os quais completaram a avaliação especializada no Hospital São Lucas da Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul. Na amostra final 59,5% eram do sexo feminino, 30,1% tinham entre 70 e 79 anos e 7,8% tinham 80 anos ou mais. A idade variou de 60 a 103 anos, com média de 68,6 e desvio padrão de 7,1. A prevalência de demência foi de 9,6% (IC95% = 6,9 12,3) e a de déficit cognitivo foi de 47,7% (IC95% = 42,9 52,5). As variáveis associadas ao déficit cognitivo foram faixa etária, estado civil, histórico de tabagismo, histórico de transtorno do humor bipolar. As variáveis associadas à demência foram faixa etária, renda pessoal e história de doença cérebro-vascular. Um achado protetor para déficit cognitivo e demência encontrada nesse estudo é queixa subjetiva de dor de cabeça no último ano. A replicação de achados de associação e a busca da relação causal são necessárias em trabalhos longitudinais, especialmente para os achados de associação mais relevantes com o déficit cognitivo encontrados no presente estudo: a associação positiva com transtorno bipolar e negativa com a queixa de cefaléia.
Abstract (english): The international literature shows that population aging is a global phenomenon and is occurring more rapidly in developing countries like Brazil. Advancing age is a recognized risk factor for the development of dementia. Dementia is a disease associated with aging that lead more directly to physical disability, the continuous attention and a progressive burden to the healthcare system for the patients and their relatives. In our environment, prevalence of this disease is scarce, especially in populations with low education and income. We had the aims of diagnosing dementia and cognitive decline; estimate their prevalence, and examine their associations with socio-demographic and clinical profile among the elderly enrolled in the Family Health Strategy in Porto Alegre (FHS / POA). The study is cross-sectional design. The sample was composed of random individuals 60 years or older, enrolled in the FHS / POA. It presents the results of 459 individuals collected until December 2012 who completed the evaluation specialist at São Lucas Hospital of the Pontifical Catholic University of Rio Grande do Sul. In the final sample 59.5% were female, 30.1% had between 70 and 79 years and 7.8% were 80 years or older. Ages ranged from 60 to 103 years, with a mean of 68.6 and standard deviation of 7.1. The prevalence of dementia was 9.6% (95% CI = 6.9 to 12.3). The predictors of cognitive impairment were age, marital status, smoking history, history of bipolar disorder. The predictors of dementia were age, income, and history of cerebrovascular disease. A protective factor for cognitive deficits found in this study is subjective complaint of headache in the last year. Replicating findings of association and the pursuit of causal relationship in longitudinal studies are needed, especially for the most relevant findings associated with cognitive deficits found in this study: a positive association with bipolar disorder and negatively with the complaint of headache.
Keywords: GERIATRIA
GERONTOLOGIA
IDOSOS
PSICOLOGIA COGNITIVA
DEMÊNCIA
CNPQ Knowledge Areas: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::MEDICINA
Language: por
Country: BR
Publisher: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul
Institution Acronym: PUCRS
Department: Instituto de Geriatria e Gerontologia
Program: Programa de Pós-Graduação em Gerontologia Biomédica
Citation: BORGES FILHO, José Celestino. Fatores associados à demência e ao déficit cognitivo em idosos atendidos pela estratégia de saúde da família no município de Porto Alegre. 2013. 128 f. Dissertação (Mestrado em Gerontologia Biomédica) - Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2013.
Access type: Acesso Aberto
URI: http://tede2.pucrs.br/tede2/handle/tede/2712
Issue Date: 23-Aug-2013
Appears in Collections:Programa de Pós-Graduação em Gerontologia Biomédica

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
452401.pdfTexto Completo4.74 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.