Export this record: EndNote BibTex

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede2.pucrs.br/tede2/handle/tede/2643
Document type: Dissertação
Title: Associação dos níveis séricos de ferro, ferritina e transferrina com a alimentação em pacientes com doença de Parkinson
Author: Chaves, Carolina Maria Martins Behle Soares 
Advisor: Silva Filho, Irenio Gomes da
Abstract (native): Introdução: O ferro (Fe) tem sido descrito como um elemento importante nos mecanismos da neurodegeneração. O entendimento do seu metabolismo é fundamental para desvendar à fisiopatologia de doenças neurodegenerativas, como a doença de Parkinson (DP). Objetivo: Analisar a associação entre a ingestão de Fe e demais nutrientes da dieta com os níveis séricos de Fe, ferritina (FT) e transferrina (TF) em pacientes com a DP, comparando com indivíduos saudáveis.Metodologia: Estudo transversal com grupo de comparação (n=82 idosos; 52 com DP e 30 sem a doença). Foi aplicado questionário de características gerais e clínicas; avaliação nutricional (MAN e dados antropométricos); recordatório alimentar de 24 horas e registro alimentar de 3 dias para verificação de consumo alimentar; exames laboratoriais para identificação dos níveis séricos de Fe, FT e TF. Pacientes com DP foram avaliados quanto a progressão da doença através UPDRS. Para comparar os níveis séricos de Fe, FT e TF com o estado nutricional e características clínicas, foi utilizado o teste t de Student para as amostras independentes. Para a comparação dos níveis séricos (Fe, FT e TF) com as características clínicas, foi utilizada a análise de variância (ANOVA one way) com teste pos hoc de Bonferroni. Para a análise de correlações dos referidos níveis séricos com MAN, IMC, UPDRS e ingesta de nutrientes, foi utilizado o coeficiente de Pearson. O nível de significância adotado foi de 5%.Resultados: Foi verificado que homens e mulheres com DP apresentam médias de ferro sérico maior do que aqueles sem a doença (p=0,001 e p=0,010). Na análise de FT sérica, foi encontrado um resultado semelhante ao anterior, sendo p=0,007 para homens e p<0,001 para mulheres. As médias de TF sérica também foram maiores nos sujeitos com DP (p= 0,039) em relação aqueles sem a doença. Na análise das correlações, foi verificada relação entre o consumo de alguns nutrientes e reservas corporais de ferro tanto nos indivíduos com a DP quanto naqueles sem a doença. Não foi verificada correlação entre as reservas de ferro e progressão da doença e nem com as manifestações clínicas da DP. Conclusão: Parece haver uma associação entre os níveis séricos de Fe, FT e TF com a DP. Pacientes com a doença tendem ter reservas corporais de ferro mais altas em relação aqueles que são saudáveis. O consumo de alguns nutrientes parece interferir na absorção do ferro, tanto para indivíduos com DP quanto para aqueles sem a doença. É necessário a realização de mais estudos para esclarecer o papel do metabolismo do Fe na DP.
Keywords: MEDICINA
GERIATRIA
FERRO
DOENÇA DE PARKINSON
DIETOTERAPIA
METABOLISMO
IDOSOS
CNPQ Knowledge Areas: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::MEDICINA
Language: por
Country: BR
Publisher: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul
Institution Acronym: PUCRS
Department: Instituto de Geriatria e Gerontologia
Program: Programa de Pós-Graduação em Gerontologia Biomédica
Citation: CHAVES, Carolina Maria Martins Behle Soares. Associação dos níveis séricos de ferro, ferritina e transferrina com a alimentação em pacientes com doença de Parkinson. 2011. 97 f. Dissertação (Mestrado em Gerontologia Biomédica) - Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2011.
Access type: Acesso Aberto
URI: http://tede2.pucrs.br/tede2/handle/tede/2643
Issue Date: 28-Mar-2011
Appears in Collections:Programa de Pós-Graduação em Gerontologia Biomédica

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
431555.pdfTexto Completo872.27 kBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.