Exportar este item: EndNote BibTex

Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://tede2.pucrs.br/tede2/handle/tede/2641
Tipo do documento: Tese
Título: Concepção de envelhecimento de idosos autores de materiais instrucionais : análise de texto e imagem
Autor: Ferreira, Anderson Jackle 
Primeiro orientador: Stobäus, Claus Dieter
Resumo: O estudo, dentro da Linha de Pesquisa Promoção de Longevidade com Qualidade de Vida da Gerontologia Biomédica do Instituto de Geriatria e Gerontologia da Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul trata da concepção de envelhecimento que permeia os materiais instrucionais construídos por três idosos participantes de Oficinas de Inclusão Digital oferecidas no Projeto Potencialidade PUCRS. O Referencial Teórico aborda as intenções do estudo e suas justificativas. A Metodologia utilizada foi de natureza Qualitativa Interpretativa e de Intervenção, com a estratégia Estudo de Caso. Os sujeitos da pesquisa foram selecionados por critérios pré-estabelecidos, sendo este estudo formado por três integrantes dos grupos de Inclusão Digital do Projeto Potencialidade, com noções intermediárias de informática, com a elaboração de materiais instrucionais relacionados com o tema envelhecimento, assíduos às atividades e com idade superior a sessenta anos. Sendo duas idosas e um idoso, que participaram das Oficinas de Inclusão Digital, dentro do Projeto Potencialidade desde 2004, e, neste estudo de abril de 2007 a dezembro de 2008. Como atividades, foram desenvolvidas aulas práticas que incluíam o aprendizado básico dos componentes do computador (Hardware), as funções e o manuseio do teclado e do mouse, bem como a utilização do sistema operacional Microsoft® Windows XP e dos software Microsoft® Word, Microsoft® PowerPoint e Microsoft® Internet Explorer. Após a aprendizagem das noções básicas de Informática, os alunos idosos escolheram um aspecto sobre o fenômeno envelhecimento que gostariam de desenvolver e que passou a constituir a base para a criação de seus materiais instrucionais. Os idosos foram observados enquanto realizavam a construção de materiais, por tanto em processo de sua aprendizagem e produção. A produção passou por análise interpretativa e semiótica (em termos de cor, fundo, figuras, elementos), e por validação comunicativa (interação entre o pesquisador e pesquisado), gerando dimensões: temporal, biológica, psicossocial, cultural, social e tecnológica levando em conta o referencial teórico e a experiência do autor. Nas Considerações Finais salientamos que a tecnologia utilizada permitiu a comunicação com os outros colegas e outras pessoas, curiosidade e um maior interesse em novos aprendizados através do acesso às informações, novas possibilidades de conhecimento sobre envelhecimento, adaptação e perda do medo da utilização do computador, maior autonomia, sendo que a concepção de envelhecimento de idosos em processo de inclusão digital modificou-se na esfera social, cultural e psicológica, através das Oficinas do Projeto Potencialidade.
Palavras-chave: GERONTOLOGIA BIOMÉDICA
INCLUSÃO DIGITAL
QUALIDADE DE VIDA
INFORMÁTICA NA EDUCAÇÃO
IDOSOS - ATIVIDADES
OFICINAS PEDAGÓGICAS
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::MEDICINA
Idioma: por
País: BR
Instituição: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul
Sigla da instituição: PUCRS
Departamento: Instituto de Geriatria e Gerontologia
Programa: Programa de Pós-Graduação em Gerontologia Biomédica
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tede2.pucrs.br/tede2/handle/tede/2641
Data de defesa: 17-Dez-2009
Aparece nas coleções:Programa de Pós-Graduação em Gerontologia Biomédica

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
431533.pdfTexto Completo12,78 MBAdobe PDFThumbnail

Baixar/Abrir Pré-Visualizar


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.