Export this record: EndNote BibTex

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede2.pucrs.br/tede2/handle/tede/2592
Document type: Dissertação
Title: Adesão medicamentosa em pacientes idosos diabéticos
Author: Trentin, Cristiani Silveira Netto 
Advisor: Silva Filho, Irenio Gomes da
Abstract (native): A população mundial e brasileira está envelhecendo, tornando-se importante considerar os vários aspectos que acompanham o envelhecimento, entre eles as mudanças fisiológicas e as doenças comumente verificadas no paciente idoso. O diabetes mellitus tipo II, muito comum nessa faixa etária, provoca, muitas vezes, ao longo do tempo, um aumento da glicemia, levando à necessidade de uso de medicamentos e contribuindo para uma situação de polifarmácia. Por isso a importância de uma conduta correta do paciente com a terapia medicamentosa, para que o avanço da doença seja retardado. Um dos problemas existentes é a falta de adesão ao tratamento. O objetivo desse trabalho é verificar as mais diversas variáveis que possam interferir no controle do diabetes mellitus em idosos. Para isso, foram utilizadas duas amostras populacionais, uma advinda do Estudo Multidimensional dos Idosos de Porto Alegre (EMIPOA), realizado no Instituto de Geriatria e Gerontologia (IGG) da Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUCRS). Nessa amostra foram analisadas variáveis sócio-demográficas, clínicas e referentes a dieta habitual, comparando com os dados de adesão obtidos através de um questionário autorelatado. A segunda amostra foi composta por um grupo de idosos diabéticos que participaram de um ensaio clínico para verificar a eficácia do Projeto Emprego da Construção do Conhecimento em um Plano de Intervenção Farmacêutica para Promover a Adesão à Prescrição de Fármacos Hipoglicemiantes em Idosos. Foi também um estudo transversal onde apenas os dados coletados antes da intervenção foram utilizados. Esse projeto analisou a adesão através de questionário de auto-relato e contagem de comprimidos esquecidos. Foram analisadas variáveis sócio-demográficas, farmacológicas, clínicas, cognitivas e as estratégias de memória utilizadas pelos idosos para tomar a medicação. Os resultados obtidos mostram que existe influência da faixa etária sobre a adesão, porém, ao contrário do que se imagina, a mesma melhora com a idade. Assim como o número de medicamentos, que aumenta com o aumento da frequência de idosos aderentes. Outra questão interessante é a relação das estratégias de memória com a pontuação no questionário de adesão, e também podemos perceber uma diminuição no consumo de carboidratos pelos aderentes, sugerindo uma adesão também à dieta. Com estes resultados podemos desenvolver estratégias que possam melhorar a adesão medicamentosa nessa população.
Keywords: MEDICINA
GERIATRIA
GERONTOLOGIA
IDOSOS
ENVELHECIMENTO
DIABETES MELLITUS
SAÚDE DO IDOSO
PRESCRIÇÃO MÉDICA - ACEITAÇÃO PELO PACIENTE
CNPQ Knowledge Areas: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::MEDICINA
Language: por
Country: BR
Publisher: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul
Institution Acronym: PUCRS
Department: Instituto de Geriatria e Gerontologia
Program: Programa de Pós-Graduação em Gerontologia Biomédica
Citation: TRENTIN, Cristiani Silveira Netto. Adesão medicamentosa em pacientes idosos diabéticos. 2009. 103 f. Dissertação (Mestrado em Gerontologia Biomédica) - Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2009.
Access type: Acesso Aberto
URI: http://tede2.pucrs.br/tede2/handle/tede/2592
Issue Date: 30-Mar-2009
Appears in Collections:Programa de Pós-Graduação em Gerontologia Biomédica

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
412180.pdfTexto Completo413.41 kBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.