Export this record: EndNote BibTex

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede2.pucrs.br/tede2/handle/tede/2581
Document type: Tese
Title: Qualidade de vida de idosos diabéticos
Author: Beltrame, Vilma 
Advisor: Silva Filho, Irenio Gomes da
Abstract (native): A avaliação da qualidade de vida está alicerçada na percepção do indivíduo de sua posição na vida no contexto da cultura e sistema de valores nos quais ele vive e em relação aos seus objetivos, expectativas, padrões e preocupações. Diante desta perspectiva, este estudo teve como objetivo estudar a qualidade de vida dos idosos com diabetes mellitus (DM), através dos instrumentos WHOQOL-BREF e o WHOQOL-OLD. Para isto foi realizado um estudo observacional, descritivo e analítico do tipo corte transversal com 50 idosos diabéticos e 50 idosos não diabéticos que freqüentavam grupos de idosos do município de Concórdia SC. A amostra foi composta por 68% de idosos do sexo feminino e 32% do sexo masculino. As idades variaram de 60 a 83 anos, com uma média de 68,7±5,1 anos. Entre os idosos não diabéticos a média de idade foi de 68,7 anos e entre os diabéticos de 69,0 anos. Em relação ao grau de instrução 40% dos idosos sem DM e 29% dos idosos diabéticos tinham de 1 a 4 anos de estudo. Entre os idosos diabéticos 47% possuíam outro problema de saúde. A hipertensão arterial atingia 47% deles e problema de coração 13%. Somente 10% dos idosos com DM referiram seguir a dieta prescrita e 92% referiram tomar a medicação prescrita corretamente. O resultado do escore da avaliação geral da qualidade de vida do WHOQOL-BREF foi de 73,5 ± 12,5 entre os idosos sem DM e de 66,2 ± 13,6 entre os idosos com DM (p=0,007). O escore total do WHOQOL-BREF foi de 78,6±8,1 para os idosos sem DM e de 73,8±9,5 para os idosos diabéticos (p=0,008). No instrumento WHOQOLOLD o escore geral para os não diabéticos foi de 79,6 ± 7,4 e para os diabéticos foi de 76,0 ± 11,5 não havendo significância estatística entre os dois grupos. Nas facetas participação social e intimidades houve diferença estatisticamente significativa, (p=0,003) e (p=0,034), respectivamente, com menor percepção para os idosos diabéticos. A avaliação do nível de qualidade de vida dos idosos com DM é diferente quando comparado ao dos idosos sem DM. O escore total do instrumento WHOQOL-BREF e do WHOQOL-OLD tiveram uma menor percepção entre os idosos com DM.
Keywords: GERIATRIA
GERONTOLOGIA
IDOSOS
ENVELHECIMENTO
QUALIDADE DE VIDA
DIABETES MELLITUS
SAÚDE DO IDOSO
GERONTOLOGIA BIOMÉDICA
CNPQ Knowledge Areas: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::MEDICINA
Language: por
Country: BR
Publisher: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul
Institution Acronym: PUCRS
Department: Instituto de Geriatria e Gerontologia
Program: Programa de Pós-Graduação em Gerontologia Biomédica
Citation: BELTRAME, Vilma. Qualidade de vida de idosos diabéticos. 2008. 101 f. Tese (Doutorado em Gerontologia Biomédica) - Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2008.
Access type: Acesso Aberto
URI: http://tede2.pucrs.br/tede2/handle/tede/2581
Issue Date: 18-Dec-2008
Appears in Collections:Programa de Pós-Graduação em Gerontologia Biomédica

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
408868.pdfTexto Completo413.56 kBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.