Exportar este item: EndNote BibTex

Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://tede2.pucrs.br/tede2/handle/tede/2575
Tipo do documento: Dissertação
Título: Estudo comparativo do estado nutricional de idosos independentes institucionalizados e não institucionalizados no município de Erechim, RS
Autor: Spinelli, Roseana Baggio 
Primeiro orientador: Schneider, Rodolfo Herberto
Resumo: Na comparação do estado nutricional de idosos independentes institucionalizados e não institucionalizados na comunidade de Erechim, RS, avaliou-se 60 idosos de ambos os sexos, sendo 50% institucionalizados. Através da mini avaliação nutricional (MAN), identificou-se aspectos do estado nutricional, do perfil antropométrico e exames laboratoriais: Exame Qualitativo de Urina (EQU), Albumina e Hemograma, indicando o perfil lipídico, dos idosos da pesquisa. Os dados foram analisados por métodos estatísticos com o uso do aplicativo SPSS,versão 11. Na comparação dos resultados entre os dois grupos aplicou-se o teste t de student; na diferença de proporções utilizou-se o valor do coeficiente de correlação linear. Para diferenças significativas considerou-se os valores de p ≤ 0,05. Dos 30 idosos institucionalizados, havia 15 (50%) mulheres com média de idade de 73,1 anos e os 15 (50%) homens com média de idade de 70,5 anos. Dos 30 idosos não institucionalizados, a média de idade das 26(86,66%) mulheres foi de 73,3 anos e de 65,2 anos entre os 4 (13,34%) homens. As diferenças estatisticamente significantes entre os institucionalizados e não institucionalizados no grupo etário dos 60 a 69, 9 anos foram nos indicadores antropométricos de IMC, CB, CC e PCT, mostrando-se menores no grupo institucionalizados. E entre o grupo etário de 70 anos ou mais a diferença significativa foi na variável CP, mostrando-se menor no grupo institucionalizado. Das variáveis laboratoriais as diferenças estatisticamente significantes foram de CT e LDL nos dois grupos, com os valores médios menores no grupo institucionalizado, nas duas faixas etárias. Houve diferença significativa nos níveis de HDL do grupo de 70 anos ou mais, sendo que estes valores foram maiores no grupo não institucionalizado. Os níveis de TG também apresentaram diferença estatística e menores valores no grupo institucionalizado, no grupo etário de 70 anos ou mais. Encontra-se na literatura poucos trabalhos comparando o estado nutricional de idosos institucionalizados e não institucionalizados. A MAN demonstrou, como em muitos estudos, ser uma ferramenta útil no diagnóstico precoce de risco nutricional em idosos. Na comparação das variáveis antropométricos e laboratoriais, entre os grupos institucionalizados e não institucionalizados, o risco de desnutrição é maior no grupo institucionalizado, mesmo que essas variáveis analisadas tenham se apresentado com índices aceitáveis.
Palavras-chave: GERONTOLOGIA BIOMÉDICA
GERIATRIA
GERONTOLOGIA
IDOSOS
ENVELHECIMENTO
AVALIAÇÃO NUTRICIONAL
ANTROPOMETRIA
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::MEDICINA
Idioma: por
País: BR
Instituição: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul
Sigla da instituição: PUCRS
Departamento: Instituto de Geriatria e Gerontologia
Programa: Programa de Pós-Graduação em Gerontologia Biomédica
Citação: SPINELLI, Roseana Baggio. Estudo comparativo do estado nutricional de idosos independentes institucionalizados e não institucionalizados no município de Erechim, RS. 2008. 68 f. Dissertação (Mestrado em Gerontologia Biomédica) - Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2008.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tede2.pucrs.br/tede2/handle/tede/2575
Data de defesa: 28-Ago-2008
Aparece nas coleções:Programa de Pós-Graduação em Gerontologia Biomédica

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
406568.pdfTexto Completo1,08 MBAdobe PDFThumbnail

Baixar/Abrir Pré-Visualizar


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.