Exportar este item: EndNote BibTex

Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://tede2.pucrs.br/tede2/handle/tede/2558
Tipo do documento: Tese
Título: Respostas fisiológicas em mulheres adultas em protocolo padrão de movimentos de hidroginástica dentro e fora da água
Autor: Scarton, Alessandra Maria 
Primeiro orientador: Stobäus, Claus Dieter
Resumo: O envelhecimento humano é um processo inevitável que se dá ao longo da vida adulta. Embora seja um processo no qual ocorrem mudanças com momentos de desenvolvimento e declínios, é salientado como uma fase de muitas perdas. A vida adulta, precisa ser revista em todos os seus aspectos, dando ênfase à promoção e manutenção da saúde. A atividade física é considerada um fator imprescindível, que possibilita ganhos momentâneos e futuros à saúde, visando um envelhecimento bem-sucedido que corresponde à diminuição ou postergação das mudanças. Dentre as atividades físicas, a hidroginástica, vem se tornando uma excelente possibilidade de se exercitar e adquirir benefícios, sem danos, visto que é uma atividade realizada no meio líquido no qual acontecem adaptações positivas. A justificativa neste estudo se dá pela necessidade de identificação de variáveis físiológicas específicas, com protocolo próprio, que possam auxiliar a prática dos professores no que diz respeito a prescrição e planejamento proporcionando mais benefícios relacionados à saúde. O objetivo da pesquisa foi analisar os índices de freqüência cardíaca (FC), níveis de lactato sangüíneo e respostas na escala de percepção subjetiva do esforço (escala de Borg) em protocolo de exercícios de hidroginástica, dentro e fora da água, em mulheres nas três fases da vida adulta. A pesquisa foi direta e de campo tendo sido adotado o método quantitativo-descritivo. A amostra composta por 72 mulheres, 24 jovens, 21 de meia-idade e 27 da terceira idade, com saúde e possibilidade de realizar o protocolo de exercícios. A coleta de dados ocorreu dentro e fora da água; os índices de freqüência cardíaca, níveis de lactato sangüíneo foram verificados antes e após a execução do protocolo de exercícios de hidroginástica e as respostas na escala de Borg foram identificadas após a execução do protocolo. Como resultados principais: diminuição significativa da FC em repouso dentro da água; menor FC em exercício dentro da água, mas com diferença significativa só na amostra total e nas jovens; e menor lactato dentro da água, tanto em repouso quanto em exercício, ressaltando a diminuição significativa dentro da água no grupo de meia-idade e terceira idade. Separando o grupo de terceira idade (grupo sem uso de medicamento e com uso de medicamento para hipertensão arterial) diferenças significativas foram encontradas entre a FC em exercício, tanto dentro quanto fora da água. Embora os valores de FC em repouso e exercício tenham sido menores dentro da água, na comparação da elevação da FC do repouso para o exercício, o percentual de diferença foi maior dentro da água; já o lactato apresentou percentuais de aumento similares entre dentro e fora da água, no grupo jovem e de meia-idade, e no de terceira idade o lactato foi o dobro fora da água. A comparação da escala de Borg dentro e fora da água não foi significativa, ficando em torno de 12 para todos os grupos. Contudo, é possível afirmar que a FC e o lactato sangüíneo são mais baixos dentro da água, mas ainda são necessários estudos em exercício, com padrões mais estabelecidos, visando respostas significativas.
Palavras-chave: MEDICINA
GERIATRIA
GERONTOLOGIA
IDOSOS
ENVELHECIMENTO
HIDROGINÁSTICA
ATIVIDADES MOTORAS
MULHERES
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::MEDICINA
Idioma: por
País: BR
Instituição: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul
Sigla da instituição: PUCRS
Departamento: Instituto de Geriatria e Gerontologia
Programa: Programa de Pós-Graduação em Gerontologia Biomédica
Citação: SCARTON, Alessandra Maria. Respostas fisiológicas em mulheres adultas em protocolo padrão de movimentos de hidroginástica dentro e fora da água. 2008. 202 f. Tese (Doutorado em Gerontologia Biomédica) - Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2008.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tede2.pucrs.br/tede2/handle/tede/2558
Data de defesa: 24-Abr-2008
Aparece nas coleções:Programa de Pós-Graduação em Gerontologia Biomédica

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
400880.pdfTexto Completo4,29 MBAdobe PDFThumbnail

Baixar/Abrir Pré-Visualizar


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.