Export this record: EndNote BibTex

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede2.pucrs.br/tede2/handle/tede/2110
Document type: Dissertação
Title: Criador, criação e criatura : os intervalos de silêncio enquanto bastidores para o nascer do poema
Author: Neu, Daniela Damaris 
Advisor: Angelini, Paulo Ricardo Kralik
Abstract (native): Este estudo apresenta uma discussão acerca do processo criativo no âmbito da poesia, campo em que há que se considerar não apenas o poema, o ato da escrita, mas o que o sucede e, principalmente, o que o antecede. Acredito que existe um elemento que é essencial nesse processo: o silêncio. Existe silêncio antes do poema, primordial a sua existência. E existe silêncio após o poema, seja após sua escrita ou após sua leitura. Vários importantes teóricos posicionam-se com relação à criação da poesia, muitos deles mencionando justamente o silêncio, e emprestam suas teorias para reforçar nossos argumentos. Entre eles estão Blanchot, Bachelard, Trevisan, Pavese, Orlandi, Pound, Paz, Lezama Lima, Borges, Barthes, Valéry, Zambrano, entre outros. Une-se a eles não mais um poeta que também faz teoria, mas um poeta, Élvio Vargas, que traz na própria poesia a possibilidade para identificarmos traços que permitem dizer que existe algo além do poema, e que é esse algo além a matéria-prima para a palavra poética. Esta, por sua vez, nasce nos intervalos entre um e outro silêncio.
Abstract (english): This study presents a discussion about the creative process in the context of poetry, a field in which we must consider not only the poem, the act of writing, but what happens, and especially what precedes it. We believe there is an element that is essential in this process: the silence. There is silence before the poem, its primordial to the existence of the poem. And there is silence after the poem is written and after it is read. Several important theorists position themselves in relation to the creation of poetry, many of them citing just silence, and lend their theories to strengthen our arguments. Among them are Blanchot, Bachelard, Trevisan, Pavese, Orlandi, Pound, Paz, Lezama Lima, Borges, Barthes, Valéry, Zambrano, among others. Joins them no more a poet who also makes theory, but a poet, Élvio Vargas, who brings the poetry itself the possibility to identify traits that may say that there is something beyond the poem, and that this is something beyond the raw material for the poetic word. This, in turn, arises in the intervals between one and another silence.
Keywords: POESIA BRASILEIRA
POESIA - CRÍTICA E INTERPRETAÇÃO
ESCRITA CRIATIVA
CRIAÇÃO LITERÁRIA E ARTÍSTICA
SILÊNCIO
CNPQ Knowledge Areas: CNPQ::LINGUISTICA, LETRAS E ARTES::LETRAS
Language: por
Country: BR
Publisher: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul
Institution Acronym: PUCRS
Department: Faculdade de Letras
Program: Programa de Pós-Graduação em Letras
Citation: NEU, Daniela Damaris. Criador, criação e criatura : os intervalos de silêncio enquanto bastidores para o nascer do poema. 2013. 156 f. Dissertação (Mestrado em Letras) - Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2013.
Access type: Acesso Aberto
URI: http://tede2.pucrs.br/tede2/handle/tede/2110
Issue Date: 26-Mar-2013
Appears in Collections:Programa de Pós-Graduação em Letras

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
448698.pdfTexto Completo942.01 kBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.