Export this record: EndNote BibTex

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede2.pucrs.br/tede2/handle/tede/1821
Document type: Tese
Title: Associação entre ingestão dietética com asma e atopia em escolares de Uruguaiana, RS
Author: Schneider, Aline Petter 
Advisor: Fritscher, Carlos Cezar
Abstract (native): Introdução. A prevalência da asma e das doenças alérgicas vem crescendo nas últimas décadas. Vários fatores de risco tem sido descritos, incluindo fatores genéticos e ambientais. O papel dos fatores dietéticos é de atual interesse. O objetivo deste estudo foi investigar a relação entre ingestão dietética com asma e atopia em uma população de baixa renda do Sul do Brasil. Métodos. Estudo transversal com uma amostra de 1054 escolares com idade entre 9 e 13 anos de Uruguaiana, RS. Asma e sintomas relacionados foram definidos através do questionário ISAAC-phase II (International Study of Asthma and Allergies in Childhood). Medidas antrométricas foram obtidas para identificar a prevalência de obesidade através do Índice de Massa Corporal (IMC) e do percentual de gordura corporal. As variáveis de desfecho foram definidas como asma ativa, sibilância atual, asma grave e atopia. Atopia foi definida através do teste cutâneo positivo. Ingestão dietética foi avaliada através do questionário de freqüência do consumo alimentar (QFCA). As associações entre aspectos nutricionais, asma e atopia foram avaliados através do modelo de regressão logística. Resultados. Um total de 949 escolares completaram os questionários ISAAC-phase II e QFCA enquanto os testes cutâneos foram realizados em 97% da amostra. A prevalência de sobrepeso foi 5 % através do IMC e de obesidade foi de 2% através do percentual de gordura corporal. Teste cutâneo positivo foi encontrado em 14% da amostra. Sobrepeso e obesidade não estiveram associados com asma e sintomas relacionados ou com atopia, mesmo após ajuste por gênero. Consumo de frutas teve papel protetor para asma ativa (OR=0,68, 95% IC: 0,46-1,00) e asma grave (OR=0,53, 95% IC: 0,34-0,82). Consumo habitual de feijão preto protegeu contra asma grave (OR=0,33, 95% IC: 0,16-0,64). Após ajuste para importantes fatores de confusão, o consumo de frutas manteve papel protetor para asma grave (OR= 0,50; 95% IC: 0,30-0,83), e esteve marginalmente associado com asma ativa (OR=0,66, 95% IC: 0,24-1,21). O papel protetor das frutas cítricas foi mais significante entre indivíduos com asma atópica (OR=0,14, 95% IC: 0,03-0,60). O consumo de feijão preto foi protetor, especialmente para asmáticos não-atópicos (OR=0,35; 95% IC, 0,16-0,78). A ingestão diária de laticínios este associada com risco aumentado para sibilantes atópicos (OR=2,69; CI: 1,04-1,96) bem como o consumo de refrigerantes (OR=1,58, 95% IC: 1,10-1,28) indicaram risco para sibilantes não atópicos. Conclusões. Em uma população de baixa renda, ingestão habitual de frutas diminui o risco de asma atópica enquanto a ingestão de feijão preto reduz o risco de asma não-atópica.
Keywords: MEDICINA
ASMA
CRIANÇAS
PULMÕES - DOENÇAS
FATORES DE RISCO
DIETA
OBESIDADE
CNPQ Knowledge Areas: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE
Language: por
Country: BR
Publisher: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul
Institution Acronym: PUCRS
Department: Faculdade de Medicina
Program: Programa de Pós-Graduação em Medicina e Ciências da Saúde
Citation: SCHNEIDER, Aline Petter. Associação entre ingestão dietética com asma e atopia em escolares de Uruguaiana, RS. 2006. 109 f. Tese (Doutorado em Medicina e Ciências da Saúde) - Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2006.
Access type: Acesso Aberto
URI: http://tede2.pucrs.br/tede2/handle/tede/1821
Issue Date: 20-Dec-2006
Appears in Collections:Programa de Pós-Graduação em Medicina e Ciências da Saúde

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
390129.pdfTexto Completo591.79 kBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.