Export this record: EndNote BibTex

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede2.pucrs.br/tede2/handle/tede/1724
Document type: Tese
Title: Avaliação da presença de ESBL, carbapenemase do tipo KPC e porinas como mecanismo de resistência em cepas de Klebsiella pneumoniae e Enterobacter spp.
Author: Jaskulski, Mariluce da Rocha 
Advisor: Machado, Denise Cantarelli
Abstract (native): A emergência e disseminação dos mecanismos de resistência em bacilos Gram-negativos têm complicado o tratamento de sérias infecções nosocomiais. Devido à ineficácia dos sistemas automatizados na detecção de isolados produtores de KPC (Klebsiella pneumoniae produtora de carbapenemase) há a necessidade do desenvolvimento de melhores metodologias. Uma possibilidade é avaliar os isolados quanto à resistência ao ertapenem, o qual tem maior sensibilidade para detectar a expressão dos isolados produtores de KPC. Contudo, a especificidade pode ser reduzida devido à resistência conferida por outros mecanismos, tais como a expressão do gene AmpC ou a produção de ESBL associado a perda de porina. Este estudo incluiu 128 amostras de bacilos Gram-negativos de Klebsiella pneumoniae e Enterobacter spp. resistentes ao ertapenem. O método de disco difusão e E-test® foram aplicados para determinar a suscetibilidade para imipenem, meropenem e ertapenem. Os isolados com suscetibilidade intermediária e resistentes para ertapenem foram avaliados e posteriormente foram investigados os mecanismos de resistência através da presença dos genes blaTEM, blaSHV, blaCTX-M, blaCTX-M-2 e blaKPC para Klebsiella pneumoniae e Enterobacter spp., por meio da técnica de PCR. A presença de proteína da membrana externa (OMP) foi investigada por meio de dot blot. O gene blaTEM foi detectado em 52,9% e 10,3%; blaSHV em 29,4% e 0,94%; blaCTX-M em 41,4% e 1,9% e blaCTX-M-2 em 23,5% e 1,9% dos isolados de K. pneumoniae e Enterobacter spp., respectivamente. O gene blaKPC estava presente em 12,6% dos isolados de Enterobacter spp. As porinas OmpC e OmpF estavam presentes, concomitantemente, em 3,8% dos isolados de Enterobacter cloacae. A detecção da presença dos genes de resistência e as proteínas da membrana externa nos isolados produtores de carbapenemases indica que eles podem estar associados aos diversos mecanismos de resistência, contribuindo para a falha terapêutica e apontando para a necessidade de melhores métodos de detecção e estratégias de vigilância.
Abstract (english): The emergence and spread of resistance mechanisms in Gram-negative bacilli have complicate the treatment of serious nosocomial infections. Due to the ineffectiveness of the automated detection of KPC producer isolates there is a need to develop better methodologies. One possibility is to evaluate the ertapenem resistance, which has greater sensitivity to detect the expression of KPC producing isolates. However, the specificity may be reduced due to the resistance attributed to other mechanisms, such as AmpC gene expression or ESBL production associated with the loss of porin. This study included 128 samples of Gram-negative bacilli of Klebsiella pneumoniae and Enterobacter spp. resistant to ertapenem. Disk diffusion and E-test® method were applied to determine the susceptibility to imipenem, meropenem and ertapenem. Isolates intermediate and resistant to ertapenem were evaluated and additional resistance mechanisms conferred by blaTEM, blaSHV, blaCTX-M, blaCTX-M-2 and blaKPC for Klebsiella pneumoniae and Enterobacter cloacae genes were investigated by PCR technique. The presence of outer membrane protein (OMP) was investigated by dot blot. The gene blaTEM was detected in 52.9% and 10.3%; blaSHV in 29.4% and 0.94%; blaCTX-M in 41.4% and 1.9%, and blaCTX-M-2 in 23.5% and 1.9% of K. pneumoniae and Enterobacter cloacae isolates, respectively. blaKPC gene was present in 12.6% of Enterobacter spp. isolates. The OmpC and OmpF were present in 3.8% of Enterobacter cloacae isolates. Resistance genes and outer membrane proteins carbapenemases producing strains indicates that several resistance mechanisms contribute to therapeutic failure and point to the need for better detection methods and surveillance strategies.
Keywords: MEDICINA
CLÍNICA MÉDICA
INFECÇÃO HOSPITAL
ARMICROBIOLOGIA
CNPQ Knowledge Areas: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::MEDICINA
Language: por
Country: BR
Publisher: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul
Institution Acronym: PUCRS
Department: Faculdade de Medicina
Program: Programa de Pós-Graduação em Medicina e Ciências da Saúde
Citation: JASKULSKI, Mariluce da Rocha. Avaliação da presença de ESBL, carbapenemase do tipo KPC e porinas como mecanismo de resistência em cepas de Klebsiella pneumoniae e Enterobacter spp.. 2013. 132 f. Tese (Doutorado em Medicina e Ciências da Saúde) - Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2013.
Access type: Acesso Aberto
URI: http://tede2.pucrs.br/tede2/handle/tede/1724
Issue Date: 15-Mar-2013
Appears in Collections:Programa de Pós-Graduação em Medicina e Ciências da Saúde

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
447910.pdfTexto Completo2.65 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.