Export this record: EndNote BibTex

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede2.pucrs.br/tede2/handle/tede/1720
Document type: Tese
Title: Evolução das funções cognitivas psíquicas e motoras dos pacientes portadores de esclerose múltipla
Author: Pereira, Adriana Gutterres 
Advisor: Silva Filho, Irenio Gomes da
Abstract (native): Objetivo: este estudo teve como objetivo principal avaliar a evolução das funções cognitivas (memória, atenção concentrada, funções executivas e viso-espaciais, linguagem e velocidade de processamento), aspectos emocionais (depressão e ansiedade), fadiga e habilidade motora dos membros superiores e inferiores nos pacientes portadores de esclerose múltipla e sua associação com tempo e gravidade da doença.Metodologia: Estudo de coorte com grupo de comparação. A amostra foi constituída por 54 pacientes acompanhados de 1 a 4 anos no ambulatório de neuroimunologia com diagnóstico de esclerose múltipla, comparados a um grupo controle constituído por 30 indivíduos. A partir do 2o ano do estudo, 33 pacientes e um grupo de 32 indivíduos controles também foram avaliados com a bateria MSFC (―Multiple Sclerosis Functional Composite measure‖). O desempenho cognitivo foi avaliado através dos testes neuropsicológicos: Dígitos, Cubos, Vocabulário, Memória Wechsler Scale-III, Teste de Stroop, Teste de Nomeação de Boston, Fluência Verbal Fonológica e Semântica, Desenho do Relógio, Mini Exame do Estado Mental, Inventários de Ansiedade e Depressão de Beck, Escala de Fadiga-MFIS e a bateria MSFC.Resultados: Houve comprometimento significativo da memória verbal imediata e tardia e fluencia verbal fonológica (FAS) no grupo com esclerose múltipla, bem como menor desempenho em comparação com os controles na memória visual, atenção sustentada, memória de trabalho, velocidade de processamento e funções motoras. Foi observada uma correlação significativa do EDSS com os testes de avaliação cognitiva global (MEEM e QI estimado), os testes de memória (imediata e tardia, visual e verbal), os testes de fluência (FAS e Animais) e com o teste de funções executivas (Stroop). Não se observou correlação de nenhum dos testes neuropsicológicos com o tempo de doença. As memórias tardias e a fluência apresentaram uma correlação significativa com os sintomas depressivos.Conclusão: Foi encontrada uma correlação estatisticamente significativa entre os resultados das avaliações globais de cognição, dos achados de todos os testes de Memória da Escala Wechsler, dos testes de Fluência Verbal e do Teste Stroop (atenção e velocidade de processamento) com as escalas que avaliam a gravidade da doença. Em relação à função motora, os pacientes com EM apresentaram uma perda mais importante na habilidade motora dos membros superiores. Ocorre deterioro do funcionamento cognitivo associado à progressão da doença em pacientes portadores de Esclerose Múltipla. A combinação de aspectos cognitivos, emocionais e físicos devem ser considerados na avaliação destes pacientes, sem dissociar a sua funcionalidade
Abstract (english): Aim: The aim of this study was to evaluate the progress of cognitive functions (memory; focused attention; executive, visual and spatial functions; language and processing speed), emotional aspects (depression; anxiety), fatigue, and motor ability of lower and upper limbs in patients with multiple sclerosis, and their association with time and severity of disease.Methods: A cohort study with a comparison group. The sample was composed of 54 patients with a diagnosed of multiple sclerosis followed for 1-4 years in an neuroimmunology outpatient clinic, as compared to a control group of 30 individuals. As from the second year of the study, 33 patients and a group of 32 control individuals were evaluated using the Multiple Sclerosis Functional Composite (MSFC) measure. The cognitive performance was evaluated through psychological tests: Digits, Cubes, Vocabulary, Memory of Wechsler Scale-III, Stroop Test, Boston Naming Test, phonological and semantic Verbal Fluency, Clock Drawing, Mini Exam of Mental State (MEMS), Beck s Anxiety and Depression Inventories, Fatigue Scale (MFIS), and the MSFC.Results: There was a significant impairment of immediate and delayed verbal memory and phonological verbal fluency (FAS) in the group with multiple sclerosis, as well as lower performance than the controls in visual memory, sustained attention, working memory, processing speed and motor functions. The Expanded Disability Status Scale (EDSS) was found to be significantly correlated with tests of general cognitive evaluation (MEMS and estimated IQ), memory tests (immediate and delayed, visual and verbal), fluency tests (FAS and Animals), and executive function test (Stroop). No correlation was found of any of the neuropsychological tests with time of disease. Delayed memory and fluency were significantly correlated with depressive symptoms.Conclusion: A statistically significant correlation was found between the results of general cognition evaluations, of the findings from all tests of Memory of the Wechsler Scale, of the Verbal Fluency tests and of the Stroop test (attention and processing speed) and the scales that measure the severity of disease. Concerning the motor function, the patients with MS showed a major loss in motor ability of upper limbs. There is deterioration of the cognitive functioning associated with the progression of the disease in patients with Multiple Sclerosis. A combination of cognitive, emotional and physical aspects should be considered in evaluating patients with multiple sclerosis, without dissociating their functionality
Keywords: MEDICINA
ESCLEROSE MÚLTIPLA
COGNIÇÃO
ATIVIDADES MOTORAS
NEUROPSICOLOGIA
DEPRESSÃO
ANSIEDADE
CNPQ Knowledge Areas: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::MEDICINA
Language: por
Country: BR
Publisher: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul
Institution Acronym: PUCRS
Department: Faculdade de Medicina
Program: Programa de Pós-Graduação em Medicina e Ciências da Saúde
Citation: PEREIRA, Adriana Gutterres. Evolução das funções cognitivas psíquicas e motoras dos pacientes portadores de esclerose múltipla. 2013. 126 f. Tese (Doutorado em Medicina e Ciências da Saúde) - Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2013.
Access type: Acesso Aberto
URI: http://tede2.pucrs.br/tede2/handle/tede/1720
Issue Date: 22-Jan-2013
Appears in Collections:Programa de Pós-Graduação em Medicina e Ciências da Saúde

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
446141.pdfTexto Completo2.86 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.