Export this record: EndNote BibTex

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede2.pucrs.br/tede2/handle/tede/1671
Document type: Dissertação
Title: Níveis séricos de estradiol, progesterona e óxido nítrico em gestantes com síndrome de pré-eclâmpsia
Author: Fridman, Fabíola Zoppas 
Advisor: Figueiredo, Carlos Eduardo Poli de
Abstract (native): INTRODUÇÃO: a pré-eclâmpsia continua sendo a maior causa de morbidade e mortalidade materna e fetal e tem etiologia desconhecida. Na sua fisiopatologia, o vasoespasmo exerce um papel fundamental. Sabe-se que esta síndrome só ocorre na presença da placenta ou tecido trofoblástico e a liberação de fatores placentários estão associados às manifestações clínicas da pré-eclâmpsia. O objetivo deste trabalho é estudar os níveis séricos de estradiol, progesterona e óxido nítrico em gestantes nulíparas normais e com síndrome de pré-eclâmpsia (SPE). PACIENTES E MÉTODOS: estudo de caso-controle em gestantes que realizaram pré-natal ou foram atendidas no Hospital São Lucas da PUCRS. Todas as mulheres incluídas estavam no terceiro trimestre de gestação, foram informadas do estudo e assinaram termo de consentimento. Gestantes com fertilização in vitro, isoimunização, patologia materna conhecida, múltiplos fetos, anormalidades cromossômicas conhecidas ou fetos malformados, pedido de abandono da pesquisa ou extravio das coletas laboratoriais foram excluídas. Foram retirados 10 mL de sangue, o soro foi estocado a 80oC e as dosagens hormonais de estradiol e progesterona foram realizadas por radioimunoensaio. O óxido nítrico foi dosado por quimioluminescência. Os dados foram analisados por estatística descritiva, teste t de Student e correlação de Pearson; com nível de significância a < 0,05. RESULTADOS: a amostra constituiu-se de 60 gestantes 30 com síndrome de préeclâmpsia e 30 gestantes normais. Os níveis de estradiol e progesterona não foram estatisticamente diferentes entre os dois grupos (estradiol 30,4 ± 19,0 ng/mL e progesterona 574,1 ± 227,0 ng/mL nas pacientes com SPE e 31,6 ± 16,6 ng/mL e 640,9 ± 358,1 ng/mL respectivamente nas gestantes normais). O óxido nítrico também não foi diferente entre os 2 grupos ( 13.818,0 ± 7603,9 mM na SPE e 13.371,8 ± 7801,9 mM nas gestantes normais). CONCLUSÕES: os níveis séricos de estradiol, progesterona e óxido nítrico não tiveram diferença estatisticamente significativa entre gestantes nulíparas, no terceiro trimestre de gestação, com e sem síndrome de pré-eclâmpsia e os níveis séricos destes hormônios não são bons indicadores da fisiopatologia da pré-eclâmpsia.
Keywords: NEFROLOGIA
HORMÔNIOS
ARGININA
HIPERTENSÃO ARTERIAL
GESTAÇÃO
PRÉ-ECLAMPSIA
CNPQ Knowledge Areas: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::MEDICINA
Language: por
Country: BR
Publisher: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul
Institution Acronym: PUCRS
Department: Faculdade de Medicina
Program: Programa de Pós-Graduação em Medicina e Ciências da Saúde
Citation: FRIDMAN, Fabíola Zoppas. Níveis séricos de estradiol, progesterona e óxido nítrico em gestantes com síndrome de pré-eclâmpsia. 2004. 87 f. Dissertação (Mestrado em Medicina e Ciências da Saúde) - Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2004.
Access type: Acesso Aberto
URI: http://tede2.pucrs.br/tede2/handle/tede/1671
Issue Date: 16-Mar-2004
Appears in Collections:Programa de Pós-Graduação em Medicina e Ciências da Saúde

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
328474.PDFTexto Completo1.58 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.