Export this record: EndNote BibTex

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede2.pucrs.br/tede2/handle/tede/1620
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.creatorRactz, Cristiane Costa dos Santos-
dc.creator.Latteshttp://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4270230T6por
dc.contributor.advisor1Silva, Jefferson Luis Braga da-
dc.contributor.advisor1Latteshttp://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4707540D6por
dc.date.accessioned2015-04-14T13:35:11Z-
dc.date.available2011-04-28-
dc.date.issued2011-02-23-
dc.identifier.citationRACTZ, Cristiane Costa dos Santos. O efeito do ultrassom terapêutico no tratamento cirúrgico da síndrome do túnel do carpo : estudo piloto. 2011. 97 f. Dissertação (Mestrado em Medicina e Ciências da Saúde) - Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2011.por
dc.identifier.urihttp://tede2.pucrs.br/tede2/handle/tede/1620-
dc.description.resumoObjetivo: Avaliar, por meio de um estudo clínico randomizado, a eficácia de um protocolo de tratamento fisioterapêutico utilizando o ultrassom no modo pulsado (20%), com frequência de 3 MHz, para reabilitação de pacientes submetidos ao procedimento cirúrgico de síndrome do túnel do carpo. Método: A amostra foi constituída por 18 punhos em 15 pacientes randomizados em dois grupos; grupo intervenção (ultrassom) e grupo controle. Todos os pacientes foram avaliados no período pré-operatório e após 20 sessões de fisioterapia e os seguintes parâmetros foram considerados: força de preensão palmar e força de pinça (com dinamômetro JAMAR), sensibilidade com monofilamentos de Semmes-Weinstein, Escala Análogo Visual, Latência Motora Distal (ms) e Velocidade de condução sensorial do nervo mediano(m/s). Resultados: O coeficiente de variação (CV) das forças de preensão e pinça dos grupos ultrassom e controle foram, respectivamente, 22,8% e 28,3%. Desta forma, não houve diferença estatisticamente significativa entre os dois coeficientes (p= 0, 391). Houve diferença estatisticamente significativa entre os grupos somente em relação à força de pinça dupla (p= 0, 006). O grupo ultrassom aumentou significamente mais a força de pinça dupla quando comparado ao grupo controle. Nas demais variáveis, a diferença entre os grupos não foi estatisticamente significativa. Conclusão: Os resultados deste estudo sugerem que a aplicação do ultrassom terapêutico com os parâmetros empregados (freqüência de 3 MHz, intensidade de 0,8 W/cm, no modo pulsado 1:5 (20%), duração de 4 minutos) mostrou-se efetivo quando comparados intra-grupo. Não evidenciando ao final da análise das demais variáveis diferenças estatisticamente significantes, quando comparamos as duas metodologias de tratamento.por
dc.description.provenanceMade available in DSpace on 2015-04-14T13:35:11Z (GMT). No. of bitstreams: 1 431008.pdf: 2424983 bytes, checksum: f5892fc36695ee13b09b89c7b85d3010 (MD5) Previous issue date: 2011-02-23eng
dc.formatapplication/pdfpor
dc.thumbnail.urlhttp://tede2.pucrs.br:80/tede2/retrieve/9117/431008.pdf.jpg*
dc.languageporpor
dc.publisherPontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sulpor
dc.publisher.departmentFaculdade de Medicinapor
dc.publisher.countryBRpor
dc.publisher.initialsPUCRSpor
dc.publisher.programPrograma de Pós-Graduação em Medicina e Ciências da Saúdepor
dc.rightsAcesso Abertopor
dc.subjectSÍNDROME DO TÚNEL DO CARPOpor
dc.subjectTERAPIA POR ULTRASSOMpor
dc.subjectCIRURGIApor
dc.subject.cnpqCNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::MEDICINApor
dc.titleO efeito do ultrassom terapêutico no tratamento cirúrgico da síndrome do túnel do carpo : estudo pilotopor
dc.typeDissertaçãopor
Appears in Collections:Programa de Pós-Graduação em Medicina e Ciências da Saúde

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
431008.pdfTexto Completo2.37 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.