Export this record: EndNote BibTex

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede2.pucrs.br/tede2/handle/tede/1472
Document type: Dissertação
Title: A resiliência em idosos e sua relação com variáveis sócio-demográficas e funções cognitivas
Author: Rech, Tatiane Favarin 
Advisor: Portuguez, Mirna Wetters
Abstract (native): Podemos considerar a resiliência como parte do processo evolutivo. O ser humano se vê submetido inevitavelmente, ao longo de seu desenvolvimento, a adversidades frente às quais colocará em jogo sua possibilidade de se recuperar e seguir adiante perseguindo metas. E uma das tentativas propensa a significar adversidade é, sem dúvida, o envelhecimento. Diante disso, este estudo apresentou como objetivo estudar as relações da resiliência no idoso com as funções cognitivas e as variáveis sócio-demográficas: gênero, idade,escolaridade e renda. Além disso, relacionou os escores obtidos por meio da Escala de Resiliência (ER) com os escores de outros dois instrumentos: Percepção Subjetiva de Queixas de Memória e Mini-Exame do Estado Mental (MEEM). A amostra foi constituída por 86 idosos, sendo 67 do sexo feminino e 19 do sexo masculino, com idade variando entre 60 e 90 anos. Inicialmente, os dados quantitativos foram descritos por média e desvio padrão. As variáveis categóricas foram apresentadas através de contagens e percentuais. A comparação do escore de resiliência foi realizada com teste t de Student no caso de dois grupos. Para comparar médias de três ou mais grupos foi utilizada a Análise de Variância (ANOVA) One-Way. O nível de significância adotado foi de =0,05. Os resultados revelaram que não houve relação entre resiliência e as variáveis demográficas. Demonstraram, entretanto, que um número mais elevado de queixas subjetivas de memória correspondia a baixos índices de resiliência. Também revelou haver uma correlação direta e significativa entre a Escala de Resiliência e o Mini-Exame do Estado Mental. Desse modo, conclui-se que quanto mais altos os escores de resiliência, maiores os escores no desempenho cognitivo entre os idosos.
Keywords: MEDICINA
ENVELHECIMENTO
RESILIÊNCIA (TRAÇO DE PERSONALIDADE)
MEMÓRIA
PERCEPÇÃO
CNPQ Knowledge Areas: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::MEDICINA
Language: por
Country: BR
Publisher: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul
Institution Acronym: PUCRS
Department: Faculdade de Medicina
Program: Programa de Pós-Graduação em Medicina e Ciências da Saúde
Citation: RECH, Tatiane Favarin. A resiliência em idosos e sua relação com variáveis sócio-demográficas e funções cognitivas. 2007. 108 f. Dissertação (Mestrado em Medicina e Ciências da Saúde) - Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2007.
Access type: Acesso Aberto
URI: http://tede2.pucrs.br/tede2/handle/tede/1472
Issue Date: 27-Nov-2007
Appears in Collections:Programa de Pós-Graduação em Medicina e Ciências da Saúde

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
399860.pdfTexto Completo1.05 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.