Export this record: EndNote BibTex

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede2.pucrs.br/tede2/handle/tede/1466
Document type: Dissertação
Title: Razão triglicerídios / HDL-colesterol como preditor do perfil de subclasses de lipoproteínas
Author: Dal Toé, Thatiana Fernandes 
Advisor: Vieira, José Luiz da Costa
Abstract (native): Introdução - Pacientes com predominância de partículas pequenas e densas de LDL (altamente aterogênicas) são classificados como portadores de fenótipo B e freqüentemente possuem níveis plasmáticos de triglicerídeos (TG) elevados e níveis de HDL-colesterol (HDL-C) reduzidos. Um índice que envolvesse níveis séricos de TG e HDL-C talvez pudesse ser um melhor preditor do perfil de subclasses de lipoproteínas que os TG isoladamente. Objetivos - Avaliar o valor da relação TG / HDL-C como preditor da presença de fenótipo A ou B e sua relação com a distribuição de subclasses das lipoproteínas em uma população com amplo espectro de risco cardiovascular. População e Métodos Análise do fenótipo de LDL e do perfil de subclasses de lipoproteínas foi realizada por espectroscopia por ressonância magnética em 113 pacientes sob diferentes níveis de risco cardiovascular. Resultados - Os 113 participantes foram alocados em três grupos, conforme faixas da razão TG / HDL-C: abaixo de 3,5 (TG/HDL<3,5; n=56), entre 3,5 e abaixo de 5,0 (3,5<TG/HDL<5,0; n=30) e acima de 5,0 (TG/HDL>5,0; n=27). Houve mais pacientes com doença arterial coronariana (63%) e com fenótipo B (78%) no grupo TG/HDL>5,0 (p=0,02 e <0,001 respectivamente). Diferenças de perfis de subclasses de lipoproteínas persistiram entre os grupos após ajustes para diferenças basais (por ANCOVA), com padrões progressivamente mais aterogênicos observados nas faixas crescentes da razão TG/HDL-C. As maiores concentrações de VLDL grandes e médias e de LDL pequenas estavam presentes no grupo TG/HDL>5,0, concomitantemente com as menores concentrações de LDL e HDL grandes, enquanto, de forma oposta, o grupo TG/HDL<3,0 apresentava as menores concentrações de VLDL grandes e médias e de LDL pequenas ao lado das maiores concentrações de LDL e HDL grandes (p<0,001 para todas comparações). O maior tamanho médio de VLDL e menor tamanho médio de LDL e HDL estava presente no grupo TG/HDL>5,0, e também, de forma oposta o menor tamanho médio das VLDL e maior tamanho das LDL e HDL estava presente no grupo TG/HDL<3,5 (p<0,001 para todas comparações). A razão de chances de possuir um fenótipo B utilizando o grupo TG/HDL<3,5 como referência foi de 11 (IC 95%: 3 a 37) no grupo 3,5<TG/HDL<5,0 e de 49 (IC 95%: 11 a 211) no grupo TG/HDL>5,0. A correlação dos TG com o tamanho das partículas de LDL desapareceu enquanto a da razão TG/HDL-C se manteve quando ambos foram avaliados conjuntamente em um modelo de regressão linear múltipla (r=0,128 com p=0,18 e r=-0,532 com p<0,001 respectivamente). Conclusão A razão TG/HDL-C é um excelente preditor independente do perfil de subclasses de lipoproteínas e do fenótipo de LDL em pacientes com diferentes níveis de risco cardiovascular, com potencial utilidade na prática clínica diária.
Keywords: GERIATRIA
DOENÇAS CARDIOVASCULARES
ARTERIOSCLEROSE CORONÁRIA
LIPOPROTEÍNAS
COLESTEROL
TRIGLICERÍDEOS
CNPQ Knowledge Areas: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::MEDICINA
Language: por
Country: BR
Publisher: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul
Institution Acronym: PUCRS
Department: Faculdade de Medicina
Program: Programa de Pós-Graduação em Medicina e Ciências da Saúde
Access type: Acesso Aberto
URI: http://tede2.pucrs.br/tede2/handle/tede/1466
Issue Date: 21-Mar-2007
Appears in Collections:Programa de Pós-Graduação em Medicina e Ciências da Saúde

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
399420.pdfTexto Completo252.77 kBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.