Exportar este item: EndNote BibTex

Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://tede2.pucrs.br/tede2/handle/tede/1372
Tipo do documento: Dissertação
Título: Efeito do aleitamento materno no desenvolvimento de asma e atopia
Autor: Strassburger, Simone Zeni 
Primeiro orientador: Stein, Renato Tetelbom
Resumo: Objetivo: Verificar a associação entre aleitamento materno e o desenvolvimento de asma e alergias aos 4 anos de idade. Método: Estudo realizado em crianças participantes de uma coorte de nascimento na cidade de São Leopoldo-RS, iniciada em 2002. Um grupo de crianças (intervenção) recebeu, durante o primeiro ano de vida, orientações dietéticas baseada nos Dez Passos da Alimentação Saudável para Crianças Menores de Dois Anos, do Ministério da Saúde do Brasil, com ênfase na amamentação exclusiva, e outro grupo (controle) foi acompanhado durante o primeiro ano de vida. As crianças que completaram a primeira fase do estudo, atualmente com 4 anos de idade, foram revisitadas por entrevistadores treinados para a obtenção dos dados relacionados a problemas respiratórios (baseado no questionário ISSAC- International Study of Asthma and Allergy in Childhood), respondido por seus pais ou familiares. As crianças também realizaram testes cutâneos para alergenos ambientais comuns. Resultados: Do total de 397 crianças visitadas no primeiro ano de vida no projeto original, 347 foram revisitadas aos 4 anos (87,4%) da coorte de São Leopoldo. O grupo que sofreu a intervenção constava 163 crianças no primeiro ano, e 146 (89,5%) responderam ao questionário sobre problemas respiratórios aos 4 anos de idade. O grupo controle do primeiro ano era formado por 234 crianças e aos 4 anos, 201 crianças (85,9%) responderam ao questionário. A idade média das crianças foi de 3,97 (±0,27). Do total das 347 crianças revisitadas, 328 realizaram os testes cutâneos (94,5%), e 94 (28,7%) apresentaram ao menos um teste positivo. Não houve evidência de diferença estatística entre os grupos com relação à teste cutâneo positivo, história materna de asma, sibilância nos últimos 12 meses, asma ativa, bronquiolite alguma vez na vida, hospitalizações por bronquiolite e hospitalizações por pneumonia.A média em meses do aleitamento materno exclusivo do grupo intervenção foi de 3,3 meses (±2,3), enquanto que no grupo controle a média foi de 2,47 meses (±2,1, p£ 0,01). Aleitamento materno exclusivo não mostrou associação significativa com o desenvolvimento de asma, sibilância ou alergia. Aleitamento materno, com acréscimo de água e chá foi mais prolongado e se mostrou inversamente associado à teste cutâneo positivo (p£ 0,05). Conclusões: A duração do aleitamento materno mostrou efeito protetor no desenvolvimento de atopia.
Palavras-chave: AMAMENTAÇÃO
NUTRIÇÃO DA CRIANÇA
HIPERSENSIBILIDADE
CRIANÇAS - DOENÇAS
ASMA
DERMATITE
LACTENTE
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::MEDICINA::CLINICA MEDICA::PEDIATRIA
Idioma: por
País: BR
Instituição: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul
Sigla da instituição: PUCRS
Departamento: Faculdade de Medicina
Programa: Programa de Pós-Graduação em Medicina/Pediatria e Saúde da Criança
Citação: STRASSBURGER, Simone Zeni. Efeito do aleitamento materno no desenvolvimento de asma e atopia. 2007. 98 f. Dissertação (Mestrado em Pediatria e Saúde da Criança) - Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, Porto Aelgre, 2007.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tede2.pucrs.br/tede2/handle/tede/1372
Data de defesa: 18-Jan-2007
Aparece nas coleções:Programa de Pós-Graduação em Pediatria e Saúde da Criança

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
386562.pdfTexto Completo407,57 kBAdobe PDFThumbnail

Baixar/Abrir Pré-Visualizar


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.