Export this record: EndNote BibTex

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede2.pucrs.br/tede2/handle/tede/1314
Document type: Dissertação
Title: Variabilidade dos índices ventilatórios preditores de sucesso de extubação em crianças submetidas à ventilação mecânica
Author: Gatiboni, Silvia 
Advisor: Piva, Jefferson Pedro
Abstract (native): Objetivo: analisar o comportamento do índice de respiração superficial, pressão inspiratória máxima e volume corrente no período pré-extubação de crianças submetidas à ventilação mecânica. Delineamento: estudo transversal observacional prospectivo. Métodos: entre Agosto de 2007 e agosto de 2008, foram avaliadas todas as crianças aptas para a retirada da ventilação mecânica, de acordo com a equipe médica do Hospital São Lucas da PUCRS. Foram mensuradas variáveis ventilatórias (volume minuto expiratório, freqüência respiratória, pressão inspiratória e expiratória máximas). A partir destas variáveis, calculou-se o volume corrente e o índice de respiração superficial. O sucesso de extubação foi considerado quando não houve reintubação em até 48 horas após a retirada do tubo endo-traqueal. Resultados: foram incluídas no estudo 100 crianças, com idade média de 2,1 anos. Treze crianças necessitaram de reintubação (13%). O peso médio foi de 9,6Kg e o tempo médio de ventilação mecânica foi de 6,5 dias. A maioria dos pacientes era do sexo masculino (63%) e apresentava diagnóstico de bronquiolite viral aguda (47%). As crianças menores de um ano (61) apresentaram 18% de falha de extubação. A pressão inspiratória máxima apresentou diferença significativa entre o grupo sucesso e falha de extubação (- 62,6 ± 29 cmH2O vs -42,7 ± 20,2 cmH2O; p=0,03). Através da curva ROC identificou-se 82% de sensibilidade e 55% de especificidade no ponto de corte da pressão inspiratória máxima de -37cmH2O (área de 0,7). Conclusões: a pressão inspiratória máxima parece ser a melhor variável para identificar crianças com potencial para sucesso de extubação, mas com um poder preditivo considerado baixo. As variáveis ventilatórias analisadas apresentaram uma dispersão muito grande, tanto na amostra geral, quanto na subdivisão por doença e faixa etária.
Keywords: MEDICINA
PEDIATRIA
RESPIRAÇÃO ARTIFICIAL
UTI PEDIÁTRICA
PROGNÓSTICO
LACTENTE
DESMAME DO RESPIRADOR
CAPACIDADE INSPIRATÓRIA
CNPQ Knowledge Areas: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::MEDICINA::CLINICA MEDICA::PEDIATRIA
Language: por
Country: BR
Publisher: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul
Institution Acronym: PUCRS
Department: Faculdade de Medicina
Program: Programa de Pós-Graduação em Medicina/Pediatria e Saúde da Criança
Citation: GATIBONI, Silvia. Variabilidade dos índices ventilatórios preditores de sucesso de extubação em crianças submetidas à ventilação mecânica. 2008. 86 f. Dissertação (Mestrado em Pediatria e Saúde da Criança) - Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2008.
Access type: Acesso Aberto
URI: http://tede2.pucrs.br/tede2/handle/tede/1314
Issue Date: 1-Dec-2008
Appears in Collections:Programa de Pós-Graduação em Pediatria e Saúde da Criança

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
408203.pdfTexto Completo881.4 kBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.