Export this record: EndNote BibTex

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede2.pucrs.br/tede2/handle/tede/1301
Document type: Dissertação
Title: Teste das microbolhas estáveis e contagem dos corpos lamelares no líquido amniótico para predição da síndrome do desconforto respiratório no recém-nascido prematuro
Author: Steibel, Gustavo 
Advisor: Fiori, Humberto Holmer
Abstract (native): Introdução: à medida que o tratamento profilático ou precoce com surfactante mostrou-se vantajoso nos recém-nascidos prematuros com imaturidade pulmonar, renovou-se o interesse na busca de testes diagnósticos nesta área. A contagem dos corpos lamelares (CCL) e o teste das microbolhas estáveis (TME) no líquido amniótico são exames rápidos e de baixo custo que podem ser realizados durante o trabalho de parto. Possivelmente, o uso combinado destes exames pode aumentar seus desempenhos diagnósticos, porém esta hipótese ainda não foi testada. Objetivo: avaliar o desempenho do TME e da CCL no líquido amniótico, na predição da síndrome do desconforto respiratório (SDR) em recém-nascidos prematuros. Métodos: foi coletado líquido amniótico durante a cesárea ou por via vaginal, em partos prematuros ocorridos no Hospital São Lucas da PUCRS no período de março de 2006 a novembro de 2007. A CCL foi realizada logo após a coleta do material pelo contador de plaquetas Sysmex XT-1800I e o TME foi realizado posteriormente, pelo autor, cego para o desfecho. O diagnóstico de SDR foi estabelecido pela apresentação clínica e um raio-x de tórax característico ou por recém-nascido que recebeu surfactante profilático e apresentava uma contagem de microbolhas no aspirado traqueal < 120 &#956;Nb/mm2 e/ou necessitou da segunda dose de surfactante. Resultados: dos 111 pacientes estudados, 20 (18%) apresentaram SDR. A média do peso foi 2062 ± 639 gramas enquanto que a idade gestacional média foi 32.8 ± 3 semanas. Para um ponto de corte <12.000 corpos lamelares/&#956;L a sensibilidade, a especificidade e a razão de verossimilhança positiva da CCL foram 90% (IC95%: 68-99%), 81% (IC95%: 72-89%) e 4.8 (IC95%: 3.2 7.4%) respectivamente. Para um ponto de corte X5 microbolhas/mm2, o TME apresentou uma sensibilidade de 90% (IC95%: 68-99%), uma especificidade de 79% (IC95%: 69-87%) e uma razão de verossimilhança positiva de 4.3 (IC95%: 2.8-6.6%). Usando os testes em conjunto (TME <7 &#956;b/mm2 E CCL X12000 corpos lamelares/&#956;L, para definir imaturidade pulmonar), a razão de verossimilhança positiva aumentou para 10.2 (IC95%: 5.2-20.2) e a especificidade aumentou para 91% (IC95%: 83-96%), enquanto que a sensibilidade permaneceu inalterada em 90% (IC95%: 68-99%). Conclusão: a CCL e o TME no líquido amniótico possuem desempenho diagnóstico similar quando usados em separado para predizer a SDR. O uso combinado dos dois testes pode aumentar a especificidade e a razão de verossimilhança positiva sem modificar a sensibilidade.
Keywords: NEONATOLOGIA
SÍNDROME DO DESCONFORTO RESPIRATÓRIO DO RECÉM-NASCIDO
DOENÇAS DO PREMATURO
SURFACTANTES PULMONARES
CNPQ Knowledge Areas: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::MEDICINA
Language: por
Country: BR
Publisher: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul
Institution Acronym: PUCRS
Department: Faculdade de Medicina
Program: Programa de Pós-Graduação em Medicina/Pediatria e Saúde da Criança
Citation: STEIBEL, Gustavo. Teste das microbolhas estáveis e contagem dos corpos lamelares no líquido amniótico para predição da síndrome do desconforto respiratório no recém-nascido prematuro. 2008. 93 f. Dissertação (Mestrado em Pediatria e Saúde da Criança) - Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2008.
Access type: Acesso Aberto
URI: http://tede2.pucrs.br/tede2/handle/tede/1301
Issue Date: 5-Mar-2008
Appears in Collections:Programa de Pós-Graduação em Pediatria e Saúde da Criança

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
401051.pdfTexto Completo819.51 kBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.