Export this record: EndNote BibTex

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede2.pucrs.br/tede2/handle/tede/1078
Document type: Tese
Title: Inclusão de digluconato de clorexidina em cimentos de ionômero de vidro para cimentação : análise das propriedades mecânicas e ação antibacteriana
Author: Farret, Marcel Marchiori 
Advisor: Lima, Eduardo Martinelli Santayana de
Abstract (native): O tratamento ortodôntico predispõe o acúmulo de placa pela dificuldade de higiene por parte dos pacientes e pela grande quantidade de sítios para a proliferação bacteriana próximos aos bráquetes e principalmente anéis. Com base nisso, o objetivo deste estudo foi incluir digluconato de clorexidina (DGC) em cimentos de ionômero de vidro (CIVs) convencionais utilizados para a cimentação de anéis e verificar suas propriedades mecânicas e ação antibacteriana. Foram utilizados dois CIVs convencionais: Ketac cem easy mix® (3M/ESPE, St. Paul, MN, EUA) e Meron® (Voco, Cuxhaven, AL). Os materiais foram manipulados em suas formulações originais e com duas soluções aquosas contendo ácido tartárico e DGC (pedido de patente solicitado ao INPI em 05/04/2010 nº provisório 020100029358) em substituição aos líquidos provenientes de fábrica, formando ao total seis grupos. Para a análise das propriedades mecânicas foram realizados os teste de resistência à tração diametral (RTD), resistência à compressão (RC), microdureza (MIC), e resistência de união ao cisalhamento (RCS). Para a análise da ação antibacteriana foi avaliada a inibição de crescimento de colônias de Streptococcus mutans em placas de agar dos seis grupos de materiais em períodos de 5, 45 e 65 dias. Para a análise estatística dos testes mecânicos foi utilizada a análise de variância (ANOVA) complementada pelo teste de Tukey e para a cultura bacteriana os testes não paramétricos de Kruskal-Wallis, Mann-Whitney e Friedman, ao nível de significância de 5%. Os resultados demonstraram que não houve diferença significativa para os testes de RTD, RC e RCS entre os grupos sem adição de clorexidina e com a adição (p > 0,05). A microdureza dos dois materiais apresentou aumento com adição de clorexidina com diferença significativa para o Ketac Cem easy mix® (p < 0,05). Houve inibição significativa de crescimento bacteriano até o período de 65 dias nos grupos com adição de clorexidina (p < 0,05). Com base nos resultados obtidos é possível concluir que a adição de DGC em CIVs para a cimentação de bandas não altera negativamente as propriedades mecânicas destes materiais e proporciona ação antibacteriana considerável a longo prazo, podendo ser um material de escolha na clinica ortodôntica.
Keywords: ODONTOLOGIA
ORTODONTIA
CIMENTAÇÃO (ODONTOLOGIA)
AGENTES ANTIBACTERIANOS
CNPQ Knowledge Areas: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::ODONTOLOGIA
Language: por
Country: BR
Publisher: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul
Institution Acronym: PUCRS
Department: Faculdade de Odontologia
Program: Programa de Pós-Graduação em Odontologia
Citation: FARRET, Marcel Marchiori. Inclusão de digluconato de clorexidina em cimentos de ionômero de vidro para cimentação : análise das propriedades mecânicas e ação antibacteriana. 2010. 26 f. Tese (Doutorado em Odontologia) - Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2010.
Access type: Acesso Aberto
URI: http://tede2.pucrs.br/tede2/handle/tede/1078
Issue Date: 14-Jan-2010
Appears in Collections:Programa de Pós-Graduação em Odontologia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
425709.pdfTexto Parcial2.35 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.