Export this record: EndNote BibTex

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede2.pucrs.br/tede2/handle/tede/1031
Document type: Tese
Title: Expressão imunoistoquímica das enzimas DNA metiltransferases 1, 3A e 3B em leucoplasias e carcinomas de células escamosas bucais
Author: Daniel, Filipe Ivan
Advisor: Salum, Fernanda Gonçalves
Abstract (native): Objetivos: Neste estudo foi investigada a expressão das enzimas DNA metiltransferases (DNMTs) 1, 3a e 3b em carcinomas escamocelulares (CEC) e leucoplasias bucais, relacionando-a com a graduação histopatológica e presença de displasia epitelial, respectivamente, bem como com os parâmetros clínicos dos pacientes. Metodologia: A técnica de imunoistoquímica utilizando anticorpos anti-DNMT1, anti-DNMT3a e anti-DNMT3b (diluição de 1:700) foi realizada para detectar a expressão das três DNMTs em 21 amostras de leucoplasias com diagnóstico histopatológico de acantose e/ou hiperceratose (leucoplasia sem displasia), 16 leucoplasias com diagnóstico histopatológico de displasia epitelial, 20 CEC bem diferenciados (grau I), 20 CEC moderadamente diferenciados (grau II) e 20 CEC pobremente diferenciados (grau III). Vinte amostras de tecidos orais não tumorais foram utilizadas como controles. O material, incluído em parafina, foi obtido do arquivo do Laboratório de Patologia do Serviço de Estomatologia e Prevenção do Câncer Bucomaxilofacial do Hospital São Lucas da PUCRS. A análise estatística foi realizada por meio da Análise de Variância (ANOVA), teste Student-Newman-Keuls, correlação de Pearson e teste t. Resultados: A incidência da imunorreatividade nuclear para DNMT3a nos grupos de CEC (39,9%) foi significativamente superior a do grupo-controle (22,6%) (p<0,05), mas não diferiu dos grupos de leucoplasias (28,2%). Para a DNMT1 e DNMT3b não houve diferença estatisticamente significativa entre os grupos de CEC (65% e 74,7%), de leucoplasias (68,3% e 70,9%) e controle (65,4% e 76,5%). A expressão imunoistoquímica das enzimas DNMTs não exibiu correlação com a idade dos pacientes nem associação com gênero e consumo de chimarrão. Houve uma significativa associação entre DNMT3a e uso de álcool (p = 0,01) e uma associação inversa entre DNMT1 e tabagismo (p = 0,048). Conclusões: Apesar do aumento do nível de imunorreatividade à enzima DNMT3a nos grupos de CEC, as três enzimas estudadas não possuem capacidade preditora de susceptibilidade ao CEC em pacientes com leucoplasia bucal, nem exibem associação com as características histopatológicas ou com os parâmetros clínicos idade, gênero e uso de chimarrão. O consumo de bebidas alcoólicas foi associado com uma maior expressão de DNMT3a e o uso de cigarro com uma menor expressão de DNMT1.
Keywords: ODONTOLOGIA
ESTOMATOLOGIA CLÍNICA
NEOPLASIAS BUCAIS
CARCINOMA DE CÉLULAS ESCAMOSAS
IMUNOISTOQUÍMICA
CNPQ Knowledge Areas: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::ODONTOLOGIA::CLINICA ODONTOLOGICA
Language: por
Country: BR
Publisher: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul
Institution Acronym: PUCRS
Department: Faculdade de Odontologia
Program: Programa de Pós-Graduação em Odontologia
Citation: DANIEL, Filipe Ivan. Expressão imunoistoquímica das enzimas DNA metiltransferases 1, 3A e 3B em leucoplasias e carcinomas de células escamosas bucais. 2009. 98 f. Tese (Doutorado em Odontologia) - Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2009.
Access type: Acesso Aberto
URI: http://tede2.pucrs.br/tede2/handle/tede/1031
Issue Date: 13-Nov-2009
Appears in Collections:Programa de Pós-Graduação em Odontologia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
419163.pdfTexto Completo7.4 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.