Export this record: EndNote BibTex

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede2.pucrs.br/tede2/handle/tede/1011
Document type: Dissertação
Title: Efeitos imediatos da expansão rápida da maxila no sentido transversal, com os disjuntores tipo Haas e Hyrax, em tomografia computadorizada cone beam
Author: Weissheimer, André 
Advisor: Menezes, Luciane Macedo de
Abstract (native): O objetivo deste estudo prospectivo foi avaliar e comparar, quantitativamente, os efeitos imediatos da expansão rápida da maxila no sentido transversal, com os disjuntores tipo Haas e Hyrax, através de tomografia computadorizada de feixe cônico (cone beam). A amostra foi constituída de 33 indivíduos (11 meninos e 22 meninas, média de idade cronológica de 10 anos e 9 meses) portadores de deficiência maxilar transversal. Esses pacientes foram distribuídos aleatoriamente entre os grupos (1) Haas, composto por 18 indivíduos e (2) Hyrax, composto por 15 indivíduos. Todos os pacientes foram submetidos ao protocolo de expansão rápida da maxila com ativação inicial de 4/4 de volta (0,8 mm) e diária de 2/4 de volta (0,4 mm), até o parafuso expansor alcançar 8 mm. A avaliação foi realizada em tomografias computadorizadas cone beam de face nos tempos: pré-expansão (T1) e ao final da fase ativa da expansão (T2). Medidas esqueléticas, dento-alveolares e dentárias foram comparadas através da análise de variância de modelo misto e complementadas pelo ajuste de Tukey-Kramer, considerando o nível de significância de 5%. Os resultados mostraram aumento significativo (p<0,0001) de todas as dimensões esqueléticas, dento-alveolares e dentárias da maxila no sentido transversal. De modo geral o efeito ortopédico foi menor na região posterior da maxila, sendo de 30 a 41,5 % da ativação do parafuso expansor, comparado à região anterior, onde os aumentos foram de 43,5 a 50%. O disjuntor tipo Hyrax apresentou maior efeito ortopédico imediato sobre a dimensão transversal da maxila quando comparado ao disjuntor tipo Haas. A expansão dos processos alveolares foi em geral de 70,2% da ativação do parafuso, e não houve diferenças entre os Grupos Haas e Hyrax. A expansão dentária representou 97,5% da quantidade de ativação do parafuso, sendo que os primeiros molares inclinaram para vestibular, em média, 7,53º do lado direito e 6,17º do lado esquerdo. O disjuntor tipo Haas teve maior tendência significativa (p=0.0008) em inclinar os primeiros molares para vestibular do que disjuntor tipo Hyrax
Keywords: ORTODONTIA
TÉCNICA DE EXPANSÃO PALATINA
CNPQ Knowledge Areas: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::ODONTOLOGIA
Language: por
Country: BR
Publisher: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul
Institution Acronym: PUCRS
Department: Faculdade de Odontologia
Program: Programa de Pós-Graduação em Odontologia
Citation: WEISSHEIMER, André. Efeitos imediatos da expansão rápida da maxila no sentido transversal, com os disjuntores tipo Haas e Hyrax, em tomografia computadorizada cone beam. 2008. 149 f. Dissertação (Mestrado em Odontologia) - Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2008.
Access type: Acesso Aberto
URI: http://tede2.pucrs.br/tede2/handle/tede/1011
Issue Date: 18-Nov-2008
Appears in Collections:Programa de Pós-Graduação em Odontologia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
410963.pdfTexto Completo3.63 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.